Caminhos (tortos) de ferro na França



Quando eu entrei no trem com o coração pesado, sem querer deixar aqueles amigos que me saudavam da janela, eu não tinha a menor ideia quanto o que estava por vir. Eu tinha comprado um bilhete por 55,10 € cujo trajeto previsto era Clermont-Ferrand - Nevers e Nevers - Nantes. Pegar dois trens era razoável. 


Mas chegando a Nevers, eu só tinha 2 minutos pra trocar de trem. Como o primeiro tinha chegado com 1 minuto de atraso, me restavam 1 minutinho para tal façanha. Eu até poderia tê-lo feito, se não fosse a falta de indicação. Cheguei a tempo de vê-lo partir. Eu podia tocá-lo. Ele estava tão perto... Mas em movimento. Reclamei com o moço. Senti raiva da SNCF (organismo responsável pelo sistema ferroviário na França) por não ter indicado devidamente. Senti raiva de mim por não ter perguntado o caminho assim que desci do trem, ou por não ter advinhado, ou por não ter comprado outra passagem. Quis chorar. Mas aquele era só o começo da saga.
Fui pra recepção pra saber o que podia ser feito. Bom, bastava pagar! Não 100%, mas 25€ saíram a mais do meu bolso, chorando, sem querer partir. Mas era o jeito. E ainda tive que esperar 30 minutos pelo próximo trem para Nantes... ops, para Saint-Pierre-des-Coprs. Oui, oui. E de lá ir pra Nantes.
Chegando a esse tal de Saint-Pierre-des-Coprs, o trem que eu deveria pegar está anunciado com 1 hora e meia de atraso. Ouvi ao meu redor outras pessoas na mesma situação que eu e resolvi segui-los em direção da recepção. O rapaz indicou um itinerário possível, com nomes de cidades que eu nunca ouvira falar. Não consegui decorar metade das informações, mas quando ele disse "corram que o trem vai sair em 1 minuto!". Não pensei, apenas segui o pessoal. 
E assim seguimos para Tours (bem pertinho). De lá pegamos um trem pra Angers. Para então pegar o que nos levaria a Nantes. 
Contou?
Foram 5 trens! Veja o percurso. 

Os pontos C e D são bem pertinhos, por isso C ficou escondido
Cheguei em Nantes meia noite. Oito horas e meia depois eu aconteceria a reunião de abertura do mestrado.




5 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Elias e seus desejados 4 anos

Relato de parto II - amor rima com raiva