.

sexta-feira, 6 de maio de 2011

Estudar na França - mestrado

Quando a gente achou que tinha aprendido como o sistema funcionava, inscrição pras provas, pagamento, com quem falar, onde ir, boletim, etc, tudo mudou. Depois de um ano estudando na França, vivemos como recém-chegados. Nos perdemos, entregamos documentos atrasados, tivemos que reaprender sobre o sistema, pois passamos a ser estudantes "normais". Um ano depois, tudo mudou novamente. Passei no mestrado pra FLE, ou seja, pra ser professora de francês para estrangeiros. É um curso interessante, principalmente pra quem gosta de viajar, aprender novas línguas e conhecer outras culturas. 
Aqui o mestrado dura dois anos, mas um ano é independente do outro. Eu por exemplo, vou fazer somente um ano e vou ter o que eles chamam de Bac +4 ou Master 1. O Bac (Baccalauréat) é uma prova que se faz no final do segundo grau (ainda se chama assim?!) e que o permite de ingressar numa faculdade. É, na prática, o equivalente do vestibular brasileiro. Então, o Bac +4, por exemplo, quer dizer que você fez 4 anos de estudo após o Bac. 
Igressar no primeiro ano de mestrado não é muito difícil. Mas para o segundo ano, é preciso ter média 12/20. Nos outros níveis de estudo, a média é 10/20. Mas não é por isso que não farei o mestrado 2! ;) A maioria das ofertas de emprego na minha área, FLE, exige um Bac +3 ou Bac +4. É raro pedir um Bac +5, e os que pedem geralmente são para cargos de diretor ou coordenador e não de professor. O que eu quero mesmo é ensinar! Além do mais, já está na hora de mudar de país.
Para passar de ano, no mestrado, é preciso fazer 1 mês de estágio (que não é remunerado). As minhas duas semanas de estágio que faltam, farei na Polônia. Repararam no cronômetro ao lado? Pois é! Minha viagem está chegando. Irei de carona, na sexta-feira 13, até Paris. De lá pego um avião para a Polônia. Dia 14 de maio às 13 horas, estarei pousando em Varsóvia, numa escala que me levará em seguida à Wrocław. Veja o percurso:


A = Clermont-Ferrand      B = Paris     C = Varsóvia     D = Wrocław

O meu primeiro desafio é pronunciar o nome da cidade! O resto eu vejo depois. E rumo à aventura!

P.S. Na próxima postagem vou explicar direitinho essa história de carona... ;)
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...