Diário de gravidez

Como percebi que a mulherada da família gosta de diários de gravidez, resolvi postar aqui as primeiras linhas que escrevi, ainda em 4 de fevereiro, quando ninguém sabiada gravidez.

Recife, noite quente de um verão escaldante; aqui começa esse segundo diário de gravidez. Será nosso primeiro filho, a primeira gravidez tendo durado apenas uma semaninha. Essa parte já está registrada num arquivo não muito alegre. Gravidez mais ou menos planejada. Decidimos que o momento “perfeito”, considerando a viagem de cunho acadêmico que devo fazer em julho para a França, seria março. Mas também vimos que engravidar em janeiro não seria um problema em si. Mas esse era realmente o limite; se engravidasse em dezembro, teria problemas pra voltar de avião em julho. 

Já ansiosa, sabendo da possibilidade de estar grávida, no segundo dia de atraso da menstruação (domingo, dia 3 de fevereiro) fiz um teste de farmácia. Teste o qual já havia comprado quase duas semanas antes. Acordei com vontade de fazer xixi às 4h00 da manhã e não pude me conter mais. Duas tirinhas rosas! O palito ainda está guardado - não sei por quanto tempo ainda. Difícil foi não acordar o marido gritando e ir dormir. Sonhei com bebês e fraldas. Desde então só penso nisso.


1 comentário

Postagens mais visitadas deste blog

3 anos de Elias - meus votos

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Relato de parto II - amor rima com raiva