Bonne vivante


Em outro post testemunhei do prazer em domar Paris. Em cativar alguns de seus cantinhos. Desfrutando da tranquilidade de uma boa leitura. Sendo feliz comigo mesma. Mas antes de me tornar amiga de Paris, fomos apresentadas por uma amiga em comum. 

Emmanuelle.

Assim, esse post vem mais barulhento, mais alegre, em boa companhia. Emmanuelle é ousada, sem medo de viver, de uma energia contagiante e de um amor raro pelo ser humano. Alguém que ama a vida e sabe aproveitá-la, tal a definição de bonne vivante. 

Passamos a noite em claro fazendo o update dos últimos acontecimentos, pensamentos, sentimentos. Coisa de amigas. No dia seguinte, crepe no café da manhã, passeio em um longo jardim e um plano:

Comer chocolate com vinho no Campo de Marte!

Passo número 1: comprar o chocolate e o vinho em pleno domingo.

Passo número 2: abrir o vinho sem gastar com saca-rolhas (ver vídeo).
Passo número 3: ir para o Campo de Marte.

Entre os passos 2 e 3 houve algumas lojas numa certa avenida Champs Elysées e acabamos passando tempo demais. Escureceu e a fome bateu e o plano se modificou: 

Comer pizza com O vinho num bom restaurante!

O problema é que não é permitido consumir em restaurante bebida não tendo sido comprada nele. Mas depois de certa hesitação, conversamos com o garçom que concordou desde que fôssemos discretas. E começou a puxar assunto com a gente, tratava-se de um romeno fazendo seus estudos na França. 

Depois de tantos risos e situações curiosas, ela olha pra mim e diz "É por isso que eu gosto de você: porque você é bonne vivante!" E eu gosto dela pela mesma razão...


2 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

3 anos de Elias - meus votos

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Meus 29 anos