"O homem é um animal ritual"

Curioso como o homem sente "necessidade" de contar os anos e demarcá-los. Gostamos dos marcos. E gostamos de delimitá-los de maneira concreta, sensível à um ou mais sentidos para gravar bem na memória. O dia 19 de abril é um dia como outro qualquer. No último, acordei cedo e fui trabalhar. Eu não me sentia mais velha após as 8 horas de sono. Eu não me sentia mais madura. Mas, por tradição e com prazer, festejei meus 23 anos de vida. Até porque é sempre bom ter um motivo para fazer festa! A nossa foi simples e para poucos amigos, mas muito agradável e divertida. Comemoramos primeiro a dois, com torta salgada e vinho branco.

    

À noite, recebi umas amigas queridas. Com direito a bolo de chocolate feito pelo maridão e muitos risos.

     
                  
Mais fotos aqui.

"Só 23 anos?!", perguntam alguns conhecidos, "e já casada e tão madura...?!"
"É que eu nasci velha, como diz a minha mãe..." (risos)

Obrigada a todos pelo carinho transmitido pelas várias mensagens que recebi. Até a próxima postagem, que será em breve pois estou de férias! =D

P.S. Alguém reparou na forma do bolo?
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Elias e seus desejados 4 anos

Relato de parto II - amor rima com raiva