Subida ao Pariou

Dia 23 de julho, após um dia longo e cansativo de trabalho, Pedro e eu decidimos subir o Pariou. Era uma quinta-feira e ambos trabalharíamos no dia seguinte, mas precisávamos tomar ar. Eu já tinha subido o Pariou com o garotinho que cuidei durante uma parte das férias e achei magnífico. Uma obra-prima do Criador. Eu estava ansiosa para mostrar ao meu marido, para compartilhar com ele a contemplação de tamanha beleza.
Levamos queijo e uma garrafa de vinho. Mas depois de um dia inteiro dentro do carro no estacionamento, o queijo tava oleoso e o vinho quente. Decidimos deixar para o jantar em casa mesmo. Tínhamos ainda uns damascos secos pra comer. Só faltou a água... hehe Com o trabalho todo não tivemos tempo de nos organizarmos direito. Mas curtimos demais, ainda assim. Ou por isso mesmo...

video

Viram como estava ventando? Eu tinha a impressão que o vento ia me carregar e eu ia sair voando sobre Clermont...

Olha quem encontramos por lá...

video


Dentro da cratera, que emoção...


video

Quando tenho diante de mim tamanha perfeição me pergunto como algumas pessoas podem simplesmente não acreditar em Deus. Somos tão pequenos... Ele é tão imenso e perfeito. Como é bom ver sua obra de pertinho. Esse é um dos motivos para eu gostar tanto de viajar: testemunhar as várias facetas das obras feitas pelas mãos do Altíssimo. Ele tem nos abençoado tanto... Que o Seu Nome seja louvado.
4 comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Barriga de 5 meses (21 semanas)

Elias e seus desejados 4 anos

Relato de parto II - amor rima com raiva