.

quinta-feira, 27 de março de 2008

Esclarecimentos

Algumas perguntas de ordem filosófica-introspectiva nos têm sido feitas, e é preciso prestar aos caríssimos internautas as devidas elucidações reivindicadas e merecidas:

O título do blog não trata de um suposto projeto arquitetônico de jardim de inverno na biblioteca, nem de biblioteca ricamente decorada com orquídeas, nem tampouco de livros de botânica. Na verdade, é, pura e simplesmente, o título de uma certa música que eu escrevi, cuja letra segue na íntegra, para apreciação (ou depreciação, visto que vivemos num país livre, onde todos podemos emitir nosso mau gosto):

Flores e Livros

Quando a palavra agrada você
Acende, sonora, seus olhos
Quando intimida e te impele a beber
O caldo de todas as letras
Sai espremida a paixão, o prazer
Sai colorida a noção de viver
O ódio, a essência, a doença em você
A cura, a loucura, não pare de ler....

Jogue flores nos livros
E acenda uma lâmpada ao se ir a luz do dia
Jogue flores nos livros
Mas marque uma página pra saber por onde ia

Jogue num livro essa flor que eu te dei
Deixe-a num canto seguro.
Guarde num filho esse amor que eu votei
A você que não teme o futuro
Vamos juntar nossas vidas de vez
A biblioteca, o cachorro, o xadrez
O vinho, a panela, um amigo que vem
Bonecos de neve e passagens de trem

Jogue flores nos livros
E tenha uma bússola para paginar a vida
Jogue flores nos livros
Mas guarde uma pétala pra lembrar de quem te ama

Bernardo de Sousa

clique aqui para ouvir a música
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...